Podem acreditar; a Rede Bandeirantes de Rádio e TV não tem tomado postura independente frente as necessidades de seus trabalhadores quando se fala em reajuste salarial e assinatura da Convenção Coletiva da Categoria - CCT.

Seguindo a lógica de obediência ao Sindicato Patronal, entidade de classe controlada pelas Organizações Globo, a emissora da família Saad está ficando para trás, abraçada isoladamente com o grupo empresarial de comunicação da família Marinho. Isto porque, dentre as grandes emissoras de TV, Globo e Band são as únicas que, por desconsideração aos seus trabalhadores, que dão o suor e o sangue para levar uma programação de qualidade, depois de meses de negociação infrutífera, ainda não ofereceu nada aos seus funcionários.

Em nota deste blog, ontem informamos a tentativa da Rede Globo de Televisão, através de seu negociador no Sindicato Patronal, em tentar manipular seus trabalhadores contra seu sindicato.

Apesar da Rede Bandeirantes não ter feito isso, usa da mesma tática quando é para dar uma resposta aos interesses de seus trabalhadores. Tática esta que as outras emissoras já abandonaram, preocupadas em garantir que seu quadro de funcionários tenham um mínimo de atenção frente as necessidades financeiras.

SBT, Record, Gazeta, afiliadas da TV Globo e diversas emissoras de rádio e TV do interior já anunciaram reajustes salariais na condição de antecipação salarial. Tomando um distanciamento do que tem sido regra das emissoras da família Saad e Marinho. Postura dessas empresas que, diga-se de passagem, não leva a nada, além de insatisfação dos trabalhadores e possível prejuízo em sua imagem, além do estouro na folha de pagamento, se a decisão for decidida na Justiça e favorável aos trabalhadores.

Próxima quinta feira (08), o RH da empresa convocou uma reunião com a direção do Sindicato dos Radialistas onde, possivelmente, poderão discutir a respeito de reajuste salarial.

O mais importante é notarmos uma interessante iniciativa da direção da BAND em forçar o RH da empresa em dialogar com o Sindicato. Mostra de que a Rede Bandeirantes não quer mais embarcar no mesmo caminho que a TV Globo vinha conduzindo nas negociações no Sindicato Patronal em relação a nossa convenção coletiva.

Fonte: Blog dos Radialistas

Antena Ligada

Boletim Eletrônico

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e receba as principais notícias da categoria em seu e-mail!