Comemorar o dia do Radialista em 21 de setembro é lembrar a história de luta e ousadia dessa categoria. A data faz referência a conquista do Decreto Lei do ano de 1943, sancionado pelo então Presidente da República, Getúlio Vargas, que fixava um piso salarial, ou remuneração mínima para os profissionais.

Em relatos da época, constam que neste primeiro ano de comemoração as rádios do Rio de Janeiro silenciaram, pois os profissionais Radialistas saíram às ruas para comemorar suas vitórias de lutas.

Por isso, 21 de setembro é a data correta de se comemorar os avanços e as conquistas, mas também de pensar sobre o futuro da luta desses trabalhadores.

A confusão com o 07 de novembro

No ano de 2006, o então deputado federal Sandes Junior (PP/GO), aprovou o Projeto de Lei nº 11.327, de 24 de julho, instituindo o dia 07 de novembro como o Dia do Radialista.

A proposta faz referência a data de nascimento de Ary Barros, locutor de rádio e compositor da famosa Aquarela do Brasil.

Sem tirar o mérito desta grande personalidade que foi Ary Barroso, o Sindicato dos Radialistas de SP reafirma sua posição de manter as comemorações do dia do Radialista em 21 de setembro, data essa que verdadeiramente demonstra historicamente a força na luta desses aguerridos trabalhadores.

Fonte: Assessoria de imprensa

Antena Ligada

Boletim Eletrônico

Boletim Eletrônico

Cadastre-se e receba as principais notícias da categoria em seu e-mail!