Sindicato e Ministério Público conquistam mais uma vitória em favor dos trabalhadores da EPTV

Tipografia

O Sindicato conquistou na justiça a anulação de uma homologação de conciliação , entre a empresa EPTV (filial da Globo no interior) e trabalhadores, que, pelo entendimento da entidade sindical e do Ministério Público, prejudicava os trabalhadores em direitos coletivos da categoria, além de direitos retroativos desses trabalhadores.

O processo de origem diz respeito a um erro de nomenclatura, cometido pela emissora em suas sucursais em Campinas, Ribeirão Preto e São Carlos. As funções exercidas pelos trabalhadores são a de Controle Mestre, Operador de Vídeo Tape e Coordenador de Programação, mas eles são registrados como Operador de Sistema de Exibição, no entanto, essa função não existe na legislação da categoria.

Essa vitória do Ministério Público e Sindicato se deu para a sede de Campinas, portanto, nessa localidade, o processo da nomenclatura votará a estaca zero para ser julgado desde o início. Sobre as outras localidades, aguardamos posicionamento da justiça.