Plenária virtual estadual dos Radialistas, nesta quarta-feira (21), define o rumo da Campanha Salarial 2021

Notícias
Tipografia

abertura 20 02 2021

Em meio a indisposição do sindicato patronal em se recusar a negociar em cima das propostas aprovadas pelos trabalhadores, a categoria está sendo convocada para discutir encaminhamentos que garantam os direitos históricos dos radialistas paulistas mediante sua organização e mobilização. Plenária virtual estadual dos Radialistas será realizada nesta quarta-feira (21), às 19h. O acesso à plenária virtual será através de link compartilhado pelo Whatsapp dos trabalhadores e clicando aqui.

 

Os patrões de rádio e televisão não querem nada com nada. Já anunciaram que, das migalhas oferecidas e dos direitos dos radialistas, que querem rapinar, não mudam uma vírgula, frente a contra proposta que os radialistas apresentaram. Com tudo isso se faz necessário uma posição clara, contundente e ousada dos trabalhadores para que seus salários e direitos não evaporem por conta da ganância dos patrões de Rádio e TV. Por isso nesta semana o Sindicato está convocando todos os trabalhadores em empresas de radiodifusão e TV no estado de São Paulo para participarem de assembleia em que esse entendimento será pauta para discussão.

rede tv logo

A Rede TV, dentre as grandes emissoras, se é que podemos caracterizá-la assim, é a que não concedeu reajuste salarial algum há 4 anos. O poder de compra dos trabalhadores da Rede TV está beirando a magia, já que nem o vale refeição teve reajuste. Sem PPR há 3 anos e sem querer pagar reajuste salarial retroativo a direção da própria emissora já indica que falta pouco para o chicote e pelourinho para os radialistas da emissora, se não reagirem junto com o Sindicato.  A Rede TV é o exemplo mal acabado de uma empresa de TV ou radiodifusão, que lança programas novos, fatura com patrocínios como Caixa Econômica Federal, Havan e Ultrafarma, e nas costas dos trabalhadores, mas não tem a decência de pagar o que deve. A choradeira mentirosa da empresa agora é a Pandemia, que começou ano passado, mas os trabalhadores estão há 4 anos sem nada.

RIT logo

Emissora religiosa do pastor RR Soares, a RIT está há 2 anos sem correção salarial e sem reajuste no vale refeição. As tentativas de negociar algo concreto para os trabalhadores se intensificou nos últimos 8 meses, mas sem nenhum resultado, pois os trabalhadores não tem se mobilizado com o Sindicato. Somente a pressão dos trabalhadores e de forma organizada pode “sensibilizar” a administração da RIT, que é do Rio de Janeiro e que finge que os trabalhadores não existem, quando lhes é cobrado uma posição as reivindicações encaminhadas.

tv cultura2 Radialistas e Jornalistas discutem com direção da RTV Cultura e EBC assinatura de Acordo Coletivo de Trabalho

Os Sindicatos dos Radialistas e Jornalistas encontram as mesmas dificuldades nas negociações devido ao entrave legal que a direção da RTV Cultura e EBC se apegam, para não fornecer os devidos reajustes salariais, além de renovar a Convenção coletivas de ambas categorias.

RTV CULTURA - depois do processo de greve em 2016 O TRIBUNAL DE SP decretou uma data base em conjunto com os jornalistas em setembro por 4 anos e arbitrou algumas cláusulas, completamente diferente da nossa convenção coletiva, não deu nenhum reajuste, por se tratar de ente público. Os jornalistas estão sem reajuste desde dezembro de 2013, até o mês de junho de 2021 soma uma perda de 53,42% levando em conta apenas o índice do INPC, os radialistas desde maio/2014, até junho de 2021 a soma das perdas chega 48,03% também pelo índice do INPC.

Os Sindicatos dos Radialistas e Jornalistas vem discutindo com a direção da RTV Cultura a assinar um acordo coletivo que contemple todas as cláusulas que a Fundação Padre Anchieta cumpre a décadas, mas depende de aprovação do governo do estado, que alega a LEI COMPLEMENTAR 173 do governo federal, que proíbe reajuste de salários até dezembro de 2021. Não bastasse isso, o STF (Supremo Tribunal Federal) sentenciou que todos os trabalhadores do setor administrativo (cerca de 300 trabalhadores) precisam fazer concurso público sob pena de terem seus contratos de trabalho nulo. Isso significaria serem demitidos sem nenhum direito trabalhista. A Fundação está recorrendo e por enquanto tem uma liminar suspendendo essa decisão que tinha seu prazo até abril de 2022. Os Sindicatos estão aguardando esse recurso da empresa e os jurídicos dessas entidades estão estudando algum recurso possível.

EBC

Na EBC - Empresa Brasil de comunicação, onde há atuação conjunta dos Sindicatos dos Radialistas e de Jornalistas de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília data base é novembro. Desde o ano passado esses sindicatos vem discutindo com a direção da empresa, que inclusive levou para uma mesa de conciliação, junto ao Tribunal Superior do Trabalho - TST, que não deu em nada e o tribunal arquivou o procedimento. Agora voltamos a negociar com a empresa, que insiste em reajuste ZERO, por conta da LEI COMPLEMENTAR 173, que proíbe qualquer tipo de concessão de reajuste nos salários.

 Logotipo da Record

Na Record capital o avanço nas terceirizações é uma realidade. A emissora segue os piores exemplos no setor de comunicação ao não conceder reajuste salarial aos seus trabalhadores. Além disso continua com demissões. O Sindicato já alertou sobre as terceirizações no início deste ano.  O avanço das demissões, da falta de reajuste salarial bem como a precarização do ambiente de trabalho é reflexo da política de implementação das terceirizações na empresa.  Logo, logo não haverá mais trabalhadores com contrato por CLT na Record, apenas terceirizados. Esse processo começou com a fábrica de arte e segue a todo vapor. Toda força de trabalho do programa Hora do Faro está na mesma linha, bem como os trabalhadores dos programas jornalísticos vem sendo trocados pela pior forma de contrato de trabalho. Se os trabalhadores da Record não se mobilizarem, tá na hora de olhar para seus salários e terem consciência de duas coisas, ou ficarão sem ou será bem menor do que estão ganhando agora. Já nas praças do interior a Record não concedeu, ainda, o reajuste nos tickets, que os companheiros da capital receberam. Bora se mobilizar com o Sindicato, companheirada.

 

sbt

Com perdas mensais de 7,59% em seus salários, de maio para cá, os trabalhadores do SBT sentem-se roubados pela empresa.

Num cálculo rápido a respeito das perdas salariais dos trabalhadores do SBT, por não terem seus salários reajustados desde Maio de 2021, de quando é a data base da categoria e, pasmem, as perdas são grandes, mas que só são percebidas quando descritas. Veja os exemplos abaixo e compare com seu salário;

 

Salário Maio/2021 R$ 2.000,00

Como deveria ser hoje R$ 2. 303,60

Salário Maio/2021 R$ 3.000,00

Como deveria ser hoje R$ 3.455,40

Salário Maio/2021 R$ 5.000,00

Como deveria ser hoje R$ 5.759,00

Salário Maio/2021 R$ 8.000,00

Como deveria ser hoje R$ 9.214,40

 

Condenamos e ficamos indignados quando há desonestidade, principalmente dos corruptos. Não admitimos que ladrões roubem o que é do radialista, mas por que deixamos que os patrões metam a mão em nosso salário e afrontam a nossa dignidade?

globo marca

Na Globo, depois do advento do banco de horas, temos assistido funcionários pedirem para serem demitidos. Outros, por não terem um outro meio de sustento ou oportunidade, trabalham com a insatisfação e o desdém dos chefetes, que não os assistem e se tornam alheios aos problemas diários no local de trabalho. O Sindicato tem feito comunicado ao serviço social da Globo a favor dos trabalhadores afastados e com dificuldades para receber seus salários. No mais indicamos departamento de saúde para esclarecimentos, orientações e possíveis encaminhamentos. Neste momento difícil, em que todos passam por conta da Pandemia, o Sindicato é a única porta que os nossos companheiros podem bater e serem atendidos.

logo band preto

 Ministério Público investiga Bandeirantes por uso irregular de Câmara Arbitral.

O grupo Bandeirantes está sendo investigado pelo Ministério Público pelo uso irregular das chamadas Câmaras Arbitrais. Segundo o que informações, tudo indica que, para que o trabalhador seja impedido de abrir processo na Justiça, a Bandeirantes contrata, paga essas Câmaras e leva o trabalhador para lá. Acerta um valor, sem possibilidade de negociação e sem advogado, obtém a quitação de todo contrato de trabalho. Com isso, o trabalhador encontra sérios problemas para ir na Justiça do Trabalho e reivindicar seus direitos. Por isso, o Sindicato dos Radialistas alerta a todos os trabalhadores para que recusem de ir nesses locais, pois esse procedimento é ilegal trazendo sérios prejuízos ao trabalhador.   Caso você receba essa proposta da empresa, recuse. Não aceite ser lesado. Entre em contato com o departamento jurídico do Sindicato.

tv mundial

Trabalhadores da TV Mundial tem assembleia nesta quarta-feira (21) às 15h e tem como ponto de discussão a votação para aprovar o fechamento de acordo coletivo de trabalho com o Sindicato dos Radialistas. Um avanço para os trabalhadores da empresa que, graças a sua organização, tem conseguido garantir seus direitos.

 

TV novo tempo

Na mesma toada da TV Mundial, a TV Novo Tempo apresentou proposta de fechamento de Acordo Coletivo de Trabalho com o Sindicato dos Radialista e os trabalhadores da empresa tem uma assembleia virtual que decidirão se aceitam ou não a proposta de acordo apresentada.

Acordos Coletivos

Algumas empresas de Rádio e TV, para evitar passivos enormes com pagamentos retroativos nos salários de seus funcionários, tem fechado acordos coletivos individuais com o Sindicato dos Radialistas. Dessa forma evitam o que aconteceu em 2013, em que diversas empresas do interior, principalmente as que não forneciam vale refeição, se depararam com assinatura da Convenção Coletiva com esse benefício incluso. O que fez com que fossem obrigadas a se adaptar a nova realidade.

 

Plenária virtual estadual dos Radialistas, será realizada nesta quarta-feira (21), às 19h.

CLIQUE AQUI PARA TER ACESSO A PLENÁRIA ESTADUAL DOS RADIALISTAS DE SP

 

NENHUM DIREITO A MENOS RUMO A NOVAS CONQUISTAS