Patrões voltam apresentar uma proposta com cláusulas 99% existentes na CLT e um reajuste que fará os trabalhadores procurar um novo emprego

Notícias
Tipografia

WhatsApp Image 2021 05 28 at 12.31.38

Além de retirar direitos dos radialistas, conquistados ao longo de décadas, os patrões apresentaram uma proposta de correção salarial de 3% sobre os salários que cada trabalhador recebe atualmente. Considerando que a inflação acumulada do período de maio/2017 (último reajuste concedido por meio de Convenção Coletiva) a abril de 2021 está em 18,72% os patrões querem garfar nada menos que 15,72% do seu salário e isso sem falar do retroativo.

 

Foi nesta quinta-feira (27) que, finalmente, os patrões se dispuseram a sentar para negociar com os trabalhadores. Só que, pasmem, nada de novo. Mesma ladainha que tomou conta das propostas apresentadas nos últimos tempos para os radialistas de São Paulo.

FATO INUSITADO - QUEM O SINDICATO PATRONAL REPRESENTA?

A categoria, que vem sofrendo diretamente os prejuízos das perdas salariais, já que a última reposição salarial, oficialmente, por meio de Convenção Coletiva de Trabalho – CCT,  foi em maio de 2.017, só vem amargando na insegurança de não ter um reajuste certo e seus direitos. Apesar de não fechar CCT, nos últimos anos o Sindicato Patronal vem orientando as empresas que representa, a dar antecipação salarial aos seus empregados. Antecipações essas que representam exatamente a inflação dos períodos compreendidos entre maio de um ano a abril do outro. E, seguindo orientação do patronal, as empresas que se preocupam minimamente com seus trabalhadores, concederam essas antecipações nos seus salários nos últimos anos. Entretanto, as mais “picaretas” e exploradoras, não concederam um único reajuste.  Agora o Sindicato Patronal propõe um reajuste salarial de 3% a ser aplicado sobre os salários atualmente praticados.

Importante esclarecer que esse reajuste de 3% não cobre nem a metade da inflação de maio/2020 a abril de 2021 (que foi de 7,59%). Mas o fato inusitado é que, mesmo com esses 3%, as empresas que seguiram as orientações do próprio Sindicato Patronal terão concedido aos seus empregados um reajuste de 13,656% (entre maio/2017 a abril/2020), enquanto que quem não seguiu dará apenas os 3%. Nos parece que o Sindicato Patronal se perdeu no conceito de negociação coletiva (igual para todos), não está legitimamente cumprindo seu papel de representar todas as empresas de maneira igual ou talvez deliberadamente esteja representando apenas parte delas. Fica a dúvida. Pelos indícios... uma certeza?

DA PROPOSTA

Desde o último reajuste salarial oficial a inflação de maio de 2.017 a abril de 2.021 segue acumulada em 18,72%. Isso significa que, para quem não deu nenhum reajuste salarial esses 3% representa uma perda salarial de 15,72% e para quem já teve todos os reajustes salariais a perda salarial será de 5,06%, pois a inflação de maio/2020 a abril de /2021 foi de 7,59%. Além disso, querem retirar todos os direitos já conquistados nos últimos anos e não querem pagar o abono salarial e a participação nos lucros. E as diferenças salariais dos últimos anos? Nem pensar.  Sem pudor ou constrangimento, os patrões continuam com sua soberba em não atender as reivindicações que o Sindicato dos Radialistas encaminhou para negociar.

Proposta patronal

Sem reajuste da perda salarial integral do último ano, sem pagamento retroativo, sem quinquênio, sem abono e participação nos lucros, sem diversos direitos dos radialistas, que constam em nossa histórica convenção coletiva. Sem...

Confira a proposta patronal

no endereço virtual abaixo;

Proposta Patronal

(válida até dia 15 de julho de 2021)

 

Mobilização

Sem a categoria mostrar insatisfação com mobilização, os patrões não irão apresentar nada de novo, além de desesperança, piora salarial e demissões. Somente nossa mobilização poderá colocar um ponto final nos ataques dos patrões ao nosso salário, aos nossos direitos e ao nosso emprego. Para isso o sindicato criou canais de comunicação com a categoria para receber propostas e sugestões para iniciarmos nossa mobilização no local de trabalho. Envie suas mensagens para:

imprensa@radialistasp.org.br, que serão devidamente encaminhadas para diretoria.

Plenária Estadual Virtual

Próxima quinta-feira (03), às 19h00, será realizada plenária estatual virtual da categoria em que todos os trabalhadores devem participar. Será um momento de discussão de nossa mobilização para defender nossos direitos.

 

Plenária de Mobilização

Próxima quinta-feira (03), às 19h00 pelo Google Meet. Link será distribuído pelo Whatsapp da categoria.

 

Nenhum direito a menos. Rumo a novas conquistas.